O novo site do Povos do Ribeira está no ar!

NOVA PLATAFORMA POVOS DO RIBEIRA CONECTARÁ COMUNIDADES E CULTURAS DO VALE

A partir de 5 de outubro de 2015, iniciativa inédita funcionará como banco de informações do patrimônio cultural do Vale do Ribeira, capaz de fomentar o turismo e inciativas de desenvolvimento regional.

Pela primeira vez, todas as expressões culturais do Vale do Ribeira terão um lugar para se encontrar e celebrar uma festa ininterrupta, aberta, conectada e inclusiva. A plataforma digital Povos do Ribeira, a ser lançada em 5 de outubro, está desenhada para que pessoas de diversas origens possam registrar e trocar informações sobre seus ofícios culturais. Como em uma rede social, mas voltada ao patrimônio cultural, ao turismo de base comunitária e ao desenvolvimento regional sustentável.

— Endereço oficial: www.povosdoribeira.org.br

— Facebook: www.facebook.com/povosdoribeira

— Flickr: www.flickr.com/photos/[email protected]

— Twitter: www.twitter.com/povosdoribeira

— Instagram: www.instagram.com/povosdoribeira

 A ideia é que as comunidades, organizações da sociedade civil e o poder público utilizem as ferramentas da plataforma para articular novas iniciativas locais e ações continuadas em prol da região. Cada indivíduo ou organização terá seu próprio perfil e poderá postar o conteúdo que quiser. Essas interações servirão também como fonte de pesquisa para turistas interessados em conhecer a região nas suas manifestações mais genuínas.

Um dos intuitos do projeto, portanto, é organizar e fomentar um banco de dados aberto e colaborativo abarcando as manifestações culturais dos povos caiçaras, quilombolas, caipiras, guaranis, japoneses, entre outros habitantes da região do presente e do passado. Hoje já há dezenas de postagens combinando fotos, vídeos, áudios, teses, diagnósticos e planos de desenvolvimento e de ação já produzidos por diferentes organizações e pessoas que atuam no Vale do Ribeira. “Há muito tempo que se questiona no Vale do Ribeira o fato de serem produzidas informações e conhecimentos que acabam não sendo devidamente divulgados e então replicados novamente. Esperamos com a plataforma Povos do Ribeira resolver essa questão reunindo todos esses diferentes materiais produzidos num único lugar e engajar o público para atualizá-lo e aperfeiçoá-lo continuamente.”, diz o coordenador de pesquisas do projeto, Luis Eduardo Tavares. A proposta é que este banco aumente com informações inseridas pelos próprios usuários, fazedores da cultura local.

Nesta primeira etapa de desenvolvimento da plataforma Povos do Ribeira, a equipe se debruçou sobre oito municípios: Cajati, Cananeia, Eldorado, Iguape, Ilha Comprida, Iporanga, Registro e Sete Barras. A experiência de articulação em redes digitais entre as comunidades tradicionais dessas cidades tem um grande potencial de criar iniciativas a partir da troca. “É transformador trocar experiências ou até mesmo só prosear com pessoas como Dona Neire, cozinheira fantástica do quilombo Ivaporunduva. A plataforma facilita esse contato humano, e isso é o que mais nos encanta neste projeto”, afirma a coordenadora de comunicação, Francele Cocco.

O projeto foi viabilizado com recursos públicos do Edital de Artes Integradas do Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (ProAC) e concebido por uma parceria entre a Manufatura de Ideias e o Estúdio Mezclador. O desenvolvimento também contou com trabalho em conjunto com o Instituto Intersaber e o Núcleo de Apoio à Pesquisa sobre Populações Humanas em Áreas Úmidas Brasileiras (Nupaub-USP).

RAIO-X DA PLATAFORMA

 Conheça as principais seções do Povos do Ribeira:

 Manifestações

Reúne informações de manifestações populares levantadas pelos pesquisadores do projeto Povos do Ribeira a partir de dezenas de bases de dados e acervos históricos da região. A seções é subdividida em várias categorias: culinária, festas e celebrações, música e dança, artesanato, espaço cultural, arquitetura, audiovisual e arqueologia.

Membros

As fotos em miniatura com moldura redonda exibem as últimas pessoas ou organizações cadastradas na plataforma.

Mapa

Todas as postagens da seção Manifestações recebem informações de geolocalização, e são portanto exibidas no mapa. É mais uma forma de explorar os conteúdos, dessa vez se valendo de um índice visual e de proximidade.

Calendário

Da mesma forma que o mapa organiza espacialmente, o calendário busca distribuir temporalmente o que está acontecendo ou vai acontecer no Vale do Ribeira. O cadastro de novos eventos é aberto para usuários.

Notícias

Página com as últimas novidades do projeto – oficinas, palestras, encontros e reuniões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*